22/10/2013

Homem se mata após assassinar mulher e filho deficiente em Piracicaba

Um homem de 47 anos foi encontrado morto com um tiro na cabeça dentro de uma piscina em uma chácara localizada no bairro Parque Prezotto, em Piracicaba. Suspeita da polícia é que, antes de se matar, Carlos Roberto Presotto tenha assassinado sua esposa,  de 47 anos, e seu filho paraplégico, de 23.

A cabeleireira Regina Campion Presotto foi encontrada por um primo de Carlos Roberto morta com um tiro na cabeça dentro do quarto onde dormia com seu marido. O jovem Felipe Presotto, de 23 anos, único filho do casal, estava caído no chão do quarto também com um tiro na cabeça.

Felipe era paraplégico há sete meses depois de ter passado por um processo cirúrgico para tratar de um hemangioma medular. 

CORPO NA ÁGUA

A Polícia Militar foi acionada pelo primo de Carlos Roberto, que tinha a chave da casa e tentou contato com a família através do telefone. Durante diligências em uma chácara de propriedade da família e que fica no mesmo bairro onde moravam, o corpo de Carlos Roberto Presotto foi encontrado caído dentro da piscina com um tiro na cabeça e próximo de um revólver calibre 38.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil do município como homicídio seguido de suicídio. O crime será investigado para apurar as motivações dos assassinatos.

Foto: Reprodução / Facebook
Comente essa notícia

Comentários (0)